O novo fórum já tem 130 membros.

Nosso blog tem o prazer de reapresentar a nossa mais nova casa de animacäo:
http://gringolandia.omeuforum.net/login

É onde temos nos reunido com o fim de orkut… ali desabafamos, damos conselhos, ouvimos histórias…A maioria das histórias contadas säo sobre vida no exterior, relacionamento com gringo e seus desafios.

O fórum já tem 120 membros, alguns antigos outros novos e estamos SUPER-HIPER ativos, a todo vapor e em breve postarei novas histórias aqui.

Convido vc a participar com nome fake para evitar exposicäo, dessa forma vc pode contar o que quizer sem medo de sem.


66. Gringo sujo-relaxado… quem quer???

Durante muitos anos participando de comunidades sobre relacionamento com gringo eu li de tudo: casamento por procuraçäo, aliança de chiclete enviada pelo correio ao Brasil, presente enviado ao Brasil onde na caixa só tinha um tijolo, garotas que foram conhecer o gringo nas férias de trabalho e simplesmente abandonaram o emprego no Brasil para casarem e tiveram o nome divulgado no Diário oficial por abandono de emprego.

Säo casos que nos levam a perceber o tamanho da empolgaçäo e da ilusäo que existe ao se relacionar com gringo… Lembro de um desabafo onde uma mocinha se queixava da altura do marido gringo e confessava que no desespero acabou se casando com um gringo muito mais baixo do que ela, qdo na verdade odiava homens baixos……Pensasse antes né näo??? Ou ela näo viu que ele era baixo???

Os casos säo diversos, hilários mas certamente verdadeiros…

 As reclamaçöes väo desde o gringo ser um sujo, de deixar a cueca toda freada de merda, até do gringo ter o pau pequeno e näo gostar de chupar…sentiu o drama???                  
                                             
Ok, sem generalizaçöes pq homem do pau pequeno, que näo gosta de chupar, relaxado, sujo, que deixa a cueca suja de merda no banheiro pra vc lavar e que näo gosta de tomar banho tem em todo lugar, inclusive no Brasil… e quase ninguém tolera porque na maioria das vezes tem tempo de conhece-lo o suficiente…

Obviamente  nem todos os gringo estão enquadrados nos padrões de sujeira citados acima… De certo tem também os limpinhos... Mas como saber???

Por isso tenham cuidado com decisöes precipitada!!!   A empolgaçäo as vezes pode cegar as pessoas…

MINHA DICA: Fique esperta pra näo cair em armadilha de satanás.

Relato retirado da antiga comunidade 
     confissöes casada c/ gringo

"Há muito tempo atrás na comunidade sobre relacionamento com gringo tinha uma moça toda feliz, teclando direto com um gringo norueguês, ele era bonitäo, isso e aquilo...dava pra sentir nas palavras dela como a moca estava encantada!

Entäo veio o gringo! Lindo, simpático, pirocudo… tudo de bom!!!

Já instalado no hotel... ela relatava as noites quentes de sexo selvagem, os passeios romanticos e claaaaro as juras de amor: "Caso com vc e te levo pro exterior".
Depois de um tempo a moca foi visitar o cara na terra dele…  Noruega.  Ela escrevia tudinho na comunidade do orkut, os preparativos para viagem, o que estava fazendo, o que ia levar na mala… qto tempo ia ficar… TUDOOOOO!

Pois entao a moça chega na casa do gringo nordico e Ploft!!! O cara era um imundo! Nas palavras dela tinha lixo por toda a casa, embalagens de pizza e refrigerante de meses acumulados!

Essa moca ficou tao desapontada e só entrava na comunidade pra chorar (ela estava apaixonada mesmo) que näo dava para acreditar que ele era assim, que dava muitos conselhos a ele e claro ela deu uma geral no barraco, deixou limpinho que ao menos dava pra ela tomar banho.

Essa viagem foi o fim e a sorte(dela).

Essa moca tinha um super emprego, muito bem resolvida e independente, ela nao se demitiu mas pediu férias para visitá-lo. Ela voltou para o Brasil até antes da data planejada e deixou o gringo pra lá no fim de mundo dele!

Depois foram meses de chororo pra esquecer o príncipe que virou sapo!"
Recortes retirado dos comentários do blog ká entre nós: 


  olá seguidores do blog…Nós estamos criando uma comunidade-forum de discussäo para simpatizantes da vida no exterior. Venha fazer parte contando alguma história ou nos dando suas dicas e conselhos: http://gringolandia.omeuforum.net




65. gringo generoso…será mesmo???


Brasileira pensa sempre que é esperta mas as vezes cai em cilada né?!!!

Ganha um carro de presente e enche a boca pra dizer *meu carro*, só que o carro esta na verdade é no nome do gringo que não é bobo nem nada...e já pensa desde sempre: meu bem...meu bem!!!

 Seu gringo tem te dado o devido valor ou a generosidade dele é só um investimento visando frutos$$$$$ ??

Tem gringo que aprecia e incentiva a ignorância e dependência da mulher… Sabia???

Por que será???  Os motivos säo vários…

1- Por que muitas vezes o ignorante é ele (do tipo perdedor, fracassado, feio, pau pequeno ou tem baixa estima por algum motivo)… entäo se ela näo trabalhar, näo se desenvolver intelectualmente e continuar dependendo dele…ele acaba se sentindo superior por ter o controle de tudo.

2-  Porque ele é esperto e inteligente e sabe que na hora de uma separacäo a única a perder é vc, estrangeira, desempregada, mal fala o idioma e sem nada no Brasil pra chamar de seu (nem teto, nem família estruturada pra te ajudar, nem uma misera poupanca pra um possível recomeco).

Por isso, em alguns casos quando a mulher resolve trabalhar ou estudar, o gringo se sente ameacado e por medo de perde-la comecam as brigas…porque ele sabe que ela pode se desenvolver ou encontrar alguém melhor do que ele.

Se a  mulher prefere ficar em casa o dia todo cuidando da casa e dos filhos com o consentimento e apoio do marido, tudo bem…por que näo???

Mas a vida as vezes nos prega pecas e somos pegos de surpresa entäo se vc tem um marido pra te manter… por que näo usar isso a seu favor??? Estude…Aprenda no minimo a falar bem o idioma do país que vc vive…produza!!! O futuro é incerto… casamento menos ainda.

   Retirado da comunidade "confissöes casada c/ gringo" 

A mulher que casar com Alemäo, Suico, Norueguês e nordicos em geral e resolver trabalhar fora, MAIS CEDO OU MAIS TARDE vai ter que dividir as contas ou pelo menos uma parte das contas…

Tem mulher que se ilude porque o marido gringo näo cobra que ela trabalhe logo no inicio, pois alguns preferem investir na educacäo delas, mas isso é pra eles um INVESTIMENTO para que no futuro a esposa ande sozinha com as próprias pernas, pagando suas próprias contas e em MUITOS casos até as dele e ainda o ajude nas despesas da casa…NINGUÉM SE ILUDA QUE SEJA DIFERENTE.

Depois de 3 ou no máximo 5 anos comecam as cobrancas, alguns comecam a jogar na cara até o pacote de absorvente que comprou.

Essa coisa dos Europeus dividirem tarefas domésticas só acontece se a mulher trabalhar fora porque se for só dona de casa, eles jogam na cara que a mulher passa o dia todo com o cu pro alto pegando vento-neve  e andando de salto alto na neve hahaha e por isso tem no mínimo que limpar a casa, afinal ele (o gringo) já esta mantendo a casa.

A falta de informacäo que algumas tem da vida em determinados países fazem elas criarem uma ilusäo de que gringo é melhor que brasileiro… mas näo tem melhor nem pior, säo homens com qualidades e defeitos diferentes e nós é que decidimos as qualidades e os defeitos que decidimos aceitar ou näo.

O que muitas näo captam é que estäo em desvantagens e por mais legal que seja o marido, se um dia der merda… quem mais tem a perder???  vocêêêêêê… e se tiver filho vale lembrar que em muitos países da Europa näo existe pensäo alimentícia para os filhos a näo ser a ajudinha simbolica do governo.

Eu concordo plenamente com quem toma neve na cara e vai trabalhar. Näo é somente pelo dinheiro (que diga-se de passagem, é essencial pra näo sair do país chutada, caso se separe) mas também pelo respeito que se conquista.

Podem até bater pé, negar até o fim, mas que um trabalho dá um degrau a mais no quesito respeito, isso dá.

E quanto mais tempo a mulher ficar fora do mercado de trabalho, pior. Ainda que seja jovem, isso näo tem relacäo somente com idade, mas sim com estar fazendo algo, näo estar alheia ao mercado.

Eu conheci uma brasileira aqui no exterior que ja tinha uma filha de 7anos e falava super mal o alemäo, näo trabalhava e näo sabia nada sobre o país no qual vivia. a bonita se gabava de näo precisar trabalhar, mas eu notei o jogo do marido: o tal gringo era bem mais velho que ela e parecia que apreciava a ignorância e a dependência dela e ao meu ver ela se tornou presa fácil para ser controlada e enganada.

Ela achava que ele era generoso pois morava numa casa bonita (que era dele), dirigia um esportivo da Audi (que também era dele), só precisava limpar a casa, cozinhar e levar a filha na escola.

Depois de 7anos longe do mercado de trabalho e com um alemäo pouco atrativo para empregadores, ai ela comecou a sentir na pele a "bondade" do marido.

Ele que ditava todas as regras: pra onde viajavam, quem poderia frequentar a casa deles ou näo e certa vez se negou a pagar a passagem da mäe dela pra ir visita-la… Já faziam 5 anos que näo se encontravam e ele nem sonhava em pagar uma passagem pra esposa ir ao Brasil ver a mäe…generoso né??? sei!!!

Um dia eu perguntei do caixa 2 e tomei uma bronca.

Lembrando que caixa 2 näo é pé de meia, o bom é que se tenha os dois, mas pé de meia é mais complicado fazer, caixa 2 todos podem. Ela achoun que eu estava estimulando-a a roubar dinheiro do marido.

Eu fiz caixa 2 sem nunca abrir a carteira do meu ex, o que juntei me era dado entäo era meu. Se eu economizava e ficava pra mim, era outro esquema.

Esse dinheiro juntado sem muito suor… é aquele dinheiro reserva que te paga uma passagem de volta pro Brasil, caso dê um big chabú ou que vc possa compra uma pra alguém caso o chabú seja maior ainda.

Quando estava me mudando pro Brasil ela queria meu contato. A bocuda da amiga que tinhamos em comum foi falar que eu estava voltando de vez e ai ela se desesperaou porque estava com problemas de saúde e o fulano näo orientava direito sobre onde ir .

Ela me pediu milhas emprestadas pra poder vir se tratar, o pior é que eu näo tinha milhas suficiente. Por fim, chegamos a conclusäo de que ele nunca fez um plano pra ela, porque a coitada urrava de dor e a tal carteirinha näo aparecia.

Ou seja, marido muito bonzinho, mas colocar a mäo no bolso pra pagar plano de saúde que é básico e obrigacäo, nada !

Todo cuidado é pouco. O mal da relacäo entre brasileiras no exterior é que elas säo täo pé atrás umas com as outras que ainda que seja um alerta pra abrir os olhos delas a refletir se o futuro pode ou nao ser complicado ao lado do gringo, muitas acham que é despeito, "inveja" ou amargura de quem tenta dar o alerta.

Se em nada servir pra algumas aqui, ótimo mas pra muitas isso pode ser de grande valia pra abrir mais os olhos.

É bem verdade que segurar conta sozinho aqui na Europa näo é pra qualquer um e ainda que dê, o padräo de vida do casal cai  com certeza (ou despenca) ou pior ainda, näo sobe um degrau sequer… A näo ser que o gringo seja rico.

Vejo o caso de muitas que em pleno natal näo podem ir ao Brasil visitar suas famílias…e aquelas que tiveram os filhos e a família no Brasil ainda nem os conhece porque a grana é curta pra viajar com os caramelinhos pro Brasil???  Conheci mulheres que estäo há mais de anos sem ir ao Brasil, algumas deixaram filhos pequenos por lá, tiveram outros filhos aqui e näo tiveram mais condicoes finaceiras de voltar nem a passeio...se elas trabalhassem talvés fosse diferente né?

Ainda que a mulher ganhe menos, o dinheiro ajuda sim e ao contribuir isso dá a mulher a liberdade de decidir o que será feito na questäo financeira.

Só näo sejam idiotas de investirem em algo que näo lhes dará retorno, como pagar a prestacäo do carro do gringo ou da casa do gringo que foi comprada antes de te conhecer… porque se um dia ele te der um pé na bunda, vc sai sem nada.

 Ninguém tem nada a perder trabalhando… Se näo precisarem pagar conta, ótimo! Melhor ainda! Guardem tudo e facam seus pés de meia.


  olá seguidores do blog… Nós estamos criando uma comunidade-forum de discussäo para simpatizantes da vida no exterior. Venha fazer parte contando alguma história ou nos dando suas dicas e conselhos: http://gringolandia.omeuforum.net



64. Quando o gringo te dá sempre o pior...

Relato retirado da comunidade "confissöes casada c/ gringo"

"Hj é natal eu sei....Mas estou com tanto ódio desse gringo meu marido que tenho aqui em casa, nao vou relatar as coisas anteriores porque na quero ficar com mais raiva ainda.
Hj fomos passar natal na casa da mae dele até ai tudo bem , eles sao super gente boa, educados, simpaticos, me tratam super bem e por eu ser Brasileria a festa é maior ainda.

Até gostei da ideia assim nao tinha que preparar nada aqui, uma trabalheira a menos entao la fomos nos, as caramelas(filhas) do gringo também foram celebrar o natal conosco, elas também sao educadas e simpaticas , entao tranquilo, sem problemas.

Na hora da destribuicäo dos presentes eu quiz matar ele, sabe o que o ele me deu? Um celular do tempo da vovozinha , como eu sou educada , agradeci e fui simpatica, mas somente eu sabia o que sentia por dentro.

Para as filhas dele, ele deu um super celular da ultima geracao e uma maquina fotografica e pra outra caramela ele deu um computador, a minha raiva é maior por que o celular foi de brinde, sabe quando vc faz um montante de compras no valor X e o celular é de brinde?
Pois bem esse foi meu presente, o gringo nao sabe que eu sei desse detalhe , eu soube porque ontem na hora de tirar os presentes da sacola eu vi a nota das compras ai tinha la o modelo e o valor do celular zerado, na hora nem desconfiei , mas hj quando vi o bendito, quiz esganar esse filho de uma mäe.

Fiquei o tempo todo na festa ensaiando o que eu ia dizer pra ele , as coisas que eu ia falar no caminho de casa. Mas a unica coisa que eu disse foi, semana que vem quero renovar meu guarda-roupa, ele respondeu sim vamos fazer isso.

Ele sabe da raiva que estou, da frustracäo. Nao fiz escandalo e nem dei xilique, porque assim ele nao tem motivos de dizer nao quando eu chegar na loja e comprar o que eu quero.
Estou täo triste , täo magoada, se ele näo tivesse condicöes de me dar um presente melhor eu ia entender, mas como sei que ele tem e näo fez isso, estou triste e magoada, me sentindo um lixo. Nem eu que näo tenho dinheiro sobrando...comprei algo legal pra ele."


  olá seguidores do blog… Nós estamos criando uma comunidade-forum de discussäo para simpatizantes da vida no exterior. Venha fazer parte contando alguma história ou nos dando suas dicas e conselhos: http://gringolandia.omeuforum.net




63. Descobri que dormia com o inimigo

Relato retirado comunidade "confissöes casada c/ gringo" 

"Dentro da minha triste experiencia...o que dizem aqui neste blog faz tanto sentido.

Me casei com um sueco há 7 anos. Ja tinha tido dois relacionamentos com brasileiros e hoje digo que não tinha do que reclamar.  Durante a semana tinha uma secretária paga por ele pra fazer tudo de casa, e aos finais de semana ele cuidava da comida e da limpeza na cozinha pra eu não estragar minhas unhas feitas.

Me casei com um estrangeiro que no primeiro dia do casamento demonstrou que ele sabia tudo e que era melhor em tudo. Eu apaixonada, interpretei que:(cuidar de mim fazia parte da sua cultura).

Nunca me deixou trabalhar, porque dizia que mulher dele não ia ser escrava de ninguém (só dele claro). Eu feliz!! Nossa esse é mesmo meu principe encantado. Me mandava pro Brasil visitar minha familia até 2 vezes por ano e pagava tudo. Trabalhava muito, dizendo que era pra um futuro melhor pra nós e que iamos tentar viver no Brasil por dois anos pra ele descansar um pouco.

Mas depois que tivemos um filho com muito custo e bem planejado, porque era dificil de pegar o homem, com tanto trabalho que tinha, ele me deixou 100% e sempre arrumava desculpas de uma coisa ou outra.

Eu ficava sabendo de histórias de outras brasileiras, e pensava. aahhhh mas vai ver ela foi tonta e não soube levar o homen. Meu marido é maravilhoso. Faço tudo dentro de casa, porque afinal de contas ele trabalha pra burro!

É triste o que vou dizer agora mas estou me divorciando e descobri que desde o casamento fui usada por uma vingança de uma pessoa que já tinha sido fracassado com dois relacionamentos, e só se casou comigo pra provar que ele conseguiria se casar outra vez e poderia sim constituir outra família.

E a partir do momento que meu filho nasceu, ele o tomou como uma arma e apontou para mim. Dizendo: agora vc vai viver comigo do meu jeito, ou então perde essa criança, porque daqui ele não sai.

Descobri que durmi com o inimigo durante 7 anos. Suécos não säo carinhosos, são individualistas, egoístas. Näo däo ponto sem nó.

Anteriormente, com dois anos de casada pedi o divorcio porque vi que não ia dar certo, mesmo muito apaixonada, mas ele chorava e pedia por favor pra ter pasciencia. E assim o tempo foi passando. Achei um pouco estranho que tudo que ele fazia , negócios, compra, venda, não me participava de nada.

Hoje depois da segunda entrada de divorcio, ele viu que realmente eu não aguentaria viver + uma vida assim tendo um projeto de marido dentro de casa, sem poder tocar, sem poder me ralacionar como marido e mulher. Então ele virou pra mim e disse: ata tuas malas, e vai pedir ajuda aos teus amigos e deixa as crianças comigo porque pra vc não dou nada, já coloquei tudo no nome da minha família, não tenho + nada.

Resumindo, ele quer me por na rua sem direito a nada, e o pior de tudo quer me tirar o que pode me matar (meus filhos) Isso seria o fim da vingança. Estou sofrendo muito, mas to correndo atraz de tudo pra ver no que vai dar.

Mas reconheço que me casei com um psicopata. Não conheço outras raças mas nunca tive problemas com meus brasileiros…"


  olá seguidores do blog… Nós estamos criando uma comunidade-forum de discussäo para simpatizantes da vida no exterior. Venha fazer parte contando alguma história ou nos dando suas dicas e conselhos: http://gringolandia.omeuforum.net




62. Gringo burro de carga???

Toda dona de casa tem seu valor na sociedade, é bem verdade... mas até onde vale a pena ser dona de casa???

Nos países onde as mulheres nativas seguem a risca o seu poder de independência, trabalham e ganham täo bem quanto os homens...por que tantas estrangeiras preferem viver as margens do marido???

Será que os gringos se agradam de sustentar uma mulher que muitas vezes ainda nem tem filhos, já fala o idioma porém näo trabalha e nem quer... mas mesmo assim näo se manca de estar a tanto tempo sem fazer nada pra ninguém???

Será que o gringo tem obrigacäo de ser eterno provedor???

   Relato retirado da comunidade       "confissöes casada c/ gringo" 

"Eu SINCERAMENTE, acho que tem muita mulher brasileira, que casa com um gringo, não para dar o golpe do "ALPINISMO SOCIAL", simplesmente ela tem aquele sonho de viver em casa, esperando o marido chegar, naquela vidinha tranquila sem precisar trabalhar ( Simone de Beauvoir deve estar se revirando na tumba!!!!) e ao casar com um gringo; este "sonho" é mais fácil de se concretizar, pois como muitas já disseram, aqui o gringo geralmente tem um emprego que da para manter os dois, o marido-gringo ja tem uma casa, ja tem um carro, etc.

E no Brasil minha gente? Ela vai ter que arregaça as mangas junto com o marido, se quiserem ter plano de saude, escola particular para os filhos ja que a publica nem sempre funciona, vai ter que ajudar no financiamento da casa, do carro, e outras coisitas mais.

O problema é que NINGUÉM VAI ASSUMIR ISSO!!! Não vai assumir, porque é contra tudo o que as mulheres vem lutando nas ultimas décadas!!!

Eu tenho uma conhecida brasileira, 26 anos, formada em Administração ligado a Hotelaria. Estudou inglês, bom nivel, tem o TOFEL e fez italiano tb. Casou com um francês, nunca foi a uma escola de francês, pois mora numa cidadezinha ( ao lado de uma cidade enorme, ela tem habilitaçäo no Brasil e nunca pediu a dela aqui), então estuda em casa, mas não avança muito...

Apesar de não estar procurando trabalho, se viu obrigada a se inscrever na Agência de Emprego, pois ela precisava comprovar que estava no território para renovar o visto, ja que ela não tinha nenhum outro vinculo concreto ( não trabalhava, nao estudava, näo nada...literalmente). Mas ela TINHA CERTEZA de que não iria ser chamada, pois ela mesma dizia que o francês dela era péssimo!!!

Com 1 mês, a agência a chamou. Eles precisavam de alguém para trabalhar 3 noites seguidas como recepcionista bilingue no Centro de Convenções. Ou seja, um lugar bacana para trabalhar e uma coisa rapida!!! Ela entrou em pânico, depois de vários dias, RECUSOU a oferta, pois tinha conversado com o marido, e que "eles" não acharam legal ela começar "assim" trabalhando à noite (?????)

Juro (!!!!) 3 semanas depois, ela foi chamada de novo (cagada de sorte, enquanto que todo mundo vive correndo atras de emprego!!!): para trabalhar no mesmo centro de convenções como recepcionista bilingue no Salão do Casamento, é um evento que dura uma semana, gente do mundo inteiro, desfiles, etc. Demorou, demorou: ela recusou a oferta, alegando que a semana coincidia com a semana de férias do marido.

2 meses depois, ela foi chamada para trabalhar no Centro de Turismo contrato de 2 meses. Ela ficaria os sábados e domingos de plantão; é chato? é , mas para quem não trabalha, não tem filhos e eles pagariam 150 euros por 8h de trabalho, achei justissimo!!! O marido dela, tinha folga um dia na semana, daria para se verem, se organizarem sem problemas.

Ela recusou logo a oferta. Foi CORTADA da agência, pois aqui tem uma lei que vc só pode recusar 2 ofertas do governo, na terceira vc esta fora! Enfim, qualquer oferta que aparecia, tinha sempre um porém. Mas brigar por uma oferta que fosse mais ou menos o que ela queria, ela tb nao o fazia.

Todo mundo meio que pressionou e depois de um tempo é que ela solta que não tinha vindo para ca para ISSO. E eu pergunto: ISSO o que? Trabalhar??? Já pensou o que seria do mundo se ningém trabalhasse??? Se o marido dela näo trabalhasse???

Disse que trabalhava no Brasil, porque tinha se formado e não tinha como ficar em casa ( morava com os pais), mas aqui já que o marido näo a obrigava e ganhava o "suficiente" para os dois, por que ela trabalharia????

O "suficiente" são 3200 euros na Cote d'Azur (aiaiaiai), mas depois de vc tirar o aluguel, o que fica para duas pessoas é uma vida "correta" até virem os filhos... Ela diz que se um dia o marido vier a precisar, ela vai trabalhar... mas nós sabemos que quanto mais tempo longe do mercado de trabalho, mais dificil voltar depois.

No nosso ultimo encontro, meu marido que é entrão até umas horas perguntou se ela não cansava de ficar em casa, pois no meu 1° ano aqui quando não podia fazer grandes coisas por causa do francês, eu quase o matei. E ela, finalmente respondeu que não, que a "vidinha" dela estava otima assim, tranquila... ( A vidinha näo sou eu que estou usando pejorativo, foi a resposta dela mesma).

O que mais tenho visto nesses longos anos de vida no exterior é que a grande maioria das meninas vem mesmo com esse sonho de ser bancada eternamente pelo gringo sem nunca trabalhar. Só que dessa forma elas vivem totalmente sem nocäo do quanto custa ter uma vida digna e decente no país onde elas moram...e passam a vida como se o maridäo tivesse a obrigacäo de sustenta-las eternamente.

O pior de tudo isso é que... vc vê que esses tipos de brasileiras nem boas observadoras sabem ser, pois elas vivem uma vidinha mais ou menos se comparada a vida das nativas... é uma vidinha sem viagens, sem carro, sem fazer o mesmo que as nativas que trabalham fazem... e mesmo assim elas vivem acreditando e fazendo os outros acreditarem que vivem vida de rica (porque na cabecinha miuda DE ALGUMAS delas a vida que levam aqui realmente parece vida de rica se comparada com a vidinha que tinham no Brasil) e os maridos quase pedindo pelo amor de deus pra elas trabalharem e elas se fazendo de desentendidas.

O que elas querem da vida???  Me pergunto se elas querem de fato um marido para dividirem a vida ou um burro de carga para carrega-las "



  olá seguidores do blog… Nós estamos criando uma comunidade-forum de discussäo para simpatizantes da vida no exterior. Venha fazer parte contando alguma história ou nos dando suas dicas e conselhos: http://gringolandia.omeuforum.net





61. As mentiras que elas contam...e a gente quase acredita


Obviamente que tem muita gente vivendo bem no exterior...algumas säo mulheres bem casadas outras nem tanto... mas por que será que algumas brasileiras adoram inventar mentiras glamourosas tanto de ostentaçäo quanto de que estäo vivendo muito bem quando na verdade näo estäo???

   Relato retirado da comunidade       "confissöes casada c/ gringo" 

"Estava conversando via internet com uma garota brasileira que mora na França e esta casada com um frances.

Ela contou a história dela, padrão é claro: tinha vida boa no Brasil, abriu mão de tudo por amor, os pais bancavam, trabalhava por esporte se apaixonou pelo francês que conheceu por acaso e foi para a frança.

Eu acreditei em tudo que ela me disse...Ingenua, eu??? Imagina

Esses dias eu estava no msn e acabou que falei com uma mulher que conhecia ela na França, pq ela acabou arrumando um marido frances para a tal mulher (que devia ser antiga amiga dela né??? me explique quem puder).

 Só que ela me disse que o que tal guria me falou era tudo mentiraaaaaaaaaaaaa. Ela era vendedora de uma loja de cosmeticos em Madureira(suburbio do RJ), estava fazendo supletivo, torrava tudo o que ganhava para se manter cuidada e ver se descolava um gringo na praia.

Conheceu o gringo dela no quiosque da praia, ficou com ele no hotel até o fim da viagem e depois ele mandou passagem e ela embarcou. A mulher me disse que ela acordou quando chegou la, pq o homem era casado e a bancou em um ap por quase 6 meses, nesse meio tempo ela catou um frances solteiro e ta com ele ate hoje.

Ainda disse mais... que a vida dela nao e nada do jeito que ela conta, o marido vive mandando ela procurar emprego http://confissoes-casadas-com-gringo.blogspot.com/2013/07/gringo-burro-de-cargao-que-elasas.html e näo quer filho de jeito nenhum enquanto ela näo tomar jeito(arrumar um emprego) e parar de beber.

Agora quando ela entra no msn fico tão sem jeito gente, ela me conta as maravilhas da vida dela , que usa tudo do bom e do melhor e aquelas coisas toda. Mas na boa, não consigo ficar com raiva dela, eu fico com pena. Pensei em dar um toque nela, para ela arrumar a vida dela sabe, mas resolvi ficar na minha,

Mas vocês que vivem ai a muito tempo, brasileiras surtam assim??? tem alguma dica para pessoa não pirar e delirar desse jeito no exterior ??? "


  olá seguidores do blog… Nós estamos criando uma comunidade-forum de discussäo para simpatizantes da vida no exterior. Venha fazer parte contando alguma história ou nos dando suas dicas e conselhos: http://gringolandia.omeuforum.net




60. O gringo voyer de garotinhas


Quando alguém de bem se omite, o mal prevalece com a sua participacäo.

   Relato retirado da comunidade       "confissöes casada c/ gringo" 

"  é a primeira vez que escrevo aqui, tb é a primeira vez que falo sobre este tema. Eu acho que entendo um pouco a atitude das pessoas que rodeiam um pedofilo ou abuser  pq o abuser realmente trabalha no psicológico de quem convive com ele.

 Eu vivi uma experiencia dolorosa com meu ex. Ele não abusou das filhas, mas qdo vinha alguma amiga das meninas passar férias aqui ou por intercambio, ele sempre dava um jeito de colocar camera no banheiro prá ver quando tomavam banho.

Eu demorei pra perceber, até que um dia eu vi um aviaozinho cheio de fita isolante no banheiro, eu desmontei e a camera estava lá, fiquei gelada, não comentei a ninguém e falei com ele, que claro negou tudo e deu sumiço nas provas.

 Ai fui juntando fatos desde a época que casamos e o quebra cabeça foi se encaixando, fucei na internet e descobri muitas coisas,mas ele foi e trocou o disco duro do pc, o cara tem a mente doente. 

Nós(minhas filhas e eu) morríamos de medo dele, bastava ele dar um grito e estavamos tremendo , pq emocionalmente estávamos detonadas.

Conversei com as minhas filhas e não recebemos mais as amigas delas em casa, as meninas que foram exploradas visualmente no chuveiro, nunca souberam de nada,o segredo morreu conosco.

 Até hj minha familia e a dele não tem noção do monstro que ele é. O desgraçado morre negando.

Resumindo... muita coisa acontece e não nos damos conta."



  olá seguidores do blog… Nós estamos criando uma comunidade-forum de discussäo para simpatizantes da vida no exterior. Venha fazer parte contando alguma história ou nos dando suas dicas e conselhos: http://gringolandia.omeuforum.net




59. O gringo que molestava o próprio filho...

E quando estamos longe de casa, em um país estranho, com um novo idioma e nos deparamos com casos de pedofilia na família do marido-gringo???

Como proteger seus filhos???

Como já disse antes, näo é porque o homem é gringo que ele é perfeito e também näo quero aqui generelizar e levantar a hipotese de que gringos säo todos pedofilos porque TODA GENERALIZACÄO É BURRA.

   Relato retirado da comunidade       "confissöes casada c/ gringo" 

"Descobri que meu marido estava molestando nosso filho e passei a dormir no quarto trancada com meu bebê,

Meu filho estava tendo carie e eu nao sabia porque...coloquei um gravador no quarto do meu filho pra gravar duraante toda a noite e gravou tudo... o pai dele depois de molestar ele dava doce pra meu filho Fiquei tao desesperada que abri  minha boca mesmo sem as provas (pra mim sao provas mais pra eles nao). 

Para a policia nao é o suficiente porque nao tem imagens. No mesmo dia que gravou eu estava dormindo com um bebe-monitor na mao e nao ouvi nada e nem vi. meu marido é americano e me drogava pra que eu apagasse a noite toda.

A única coisa que tenho é uma ficha de incidente da creche dizendo que meu filho abaixa as calcas, aponta pra bunda e grita o nome do PAI

Como comentei na creche, eles ligaram e fizeram a denuncia, entao vieram aqui em casa e eu abri o bocao e falei a verdade, porem nao tive provas croncretas pra eles iniciaram  uma investigacao... falei para o marido que sabia do que ele estava fazendo e comecou as brigas, eu ficava fora de casa rodando com meu filho no carro quando ele estava em casa. ai o ele tentou me enloquecer e comecou a me ameacar, e ligar pra assistente social pra falar que eu sou louca. 

Resultado... levaram meu filho  e eu fui na delegacia e falei que ele estava me ameacando ai o juiz deu um mandado temporario pra o marido ficar distante de mim... estarei na corte pra saber se ele vai prolongar o mandado ou nao.

O pessoal que levou meu filho me pediu pra ir no hospital fazer uma avaliacao, fui diagnosticada com depressao, agora eles querem que eu va  a um psicologo e psiquiatra pra fazer uma avaliacao. 

A agente social levou e colocou ele com uma familia, eu comecei um tratamento pra depressao com duracao de 30 dias e devo passar pelo psicologo e psiquiatra.

contra mim a violencia era verbal e emocional, nao tenho amigas aqui e nem trabalho porque ele  me impedia de tudo, descobri que meu celular estava sendo rastreado, tem camera no carro que dirijo e quando tento dirigir pra algum lugar distante O GPS simplesmente nao funciona.

Depois de tudo...só cartao de credito nao esta bloqueado, ai eu compro comida pra mim, tem comida aqui em casa tambem mais eu estou com medo de comer ontem fui pra emergencia de um hospital aqui perto com vomitos que segundo eles pode ser envenenamento. 

No dia segunte ao abuso, ele me segura em casa pra eu nao dirigir, e nem ir ao pediatra. meu filho fez os exames mais nao encontaram nada.

Depois entendi tudo...Primeiro quando eu vim para os USA vivemos 1 ano em outro estado ai mudamos pra NJ e eu pedi o marido pra procurar um pediatra perto e ele disse que nao tinha...Fez ligacao na minha frente e tudo. 

Ai eu comecei a percerber que na bundinha do meu filho estava estranho, como se nao tivesse elasticidade, ai eu descobri que tem pediatra aqui perto sim e logo em seguida percebi que meu filho passou a descer as calcas e apontar pra bunda e pedir doce."

MINHA DICA: Até onde confiar???


LEIA ESTA MATERIA: http://g1.globo.com/pernambuco/noticia/2014/01/brasileira-acusa-ex-marido-de-crime-sexual-contra-filha-de-6-anos-nos-eua.html


  olá seguidores do blog… Nós estamos criando uma comunidade-forum de discussäo para simpatizantes da vida no exterior. Venha fazer parte contando alguma história ou nos dando suas dicas e conselhos: http://gringolandia.omeuforum.net




58. Voltar...será que vale a pena???

Apenas um exemplo do que tem acontecido ou pode acontecer com quem pretende voltar pro Brasil porque näo se adapta a falta de amigos, vida social e do oba oba que é ter seu telefone tocando de hora em hora na sexta feira a tarde.

Nem sempre as coisas säo o que parecem...

   Relato retirado da comunidade       "confissöes casada c/ gringo" 

"Estou atendendo uma moça de 25 anos, moradora do morro do Cantagalo que conheceu um gringo aqui no hotel onde ela trabalhava. Ele disse ter se apaixonado no momento em que a viu, e ela se encantou com ele e literalmente embarcou com tudo nessa história.

Foi com ele para a Europa sonhando com a vida de madame (como ela mesma me disse), o marido tem uma situação financeira estável e ela desfrutava de coisas boas, porém a falta de estrutura psicológica dela para deixar tudo aqui e ir embora, impediu a socialização dela por lá e aconteceu parecido com a Mary, ela desandou que o melhor era Brasil, porque aqui tinha praia, cerveja e funk e ela podia trabalhar e ocupar a mente.

Pois bem, ela ficou cerca de 2 anos na Inglaterra, e faz 1 ano que está aqui. Resultado: depois dos primeiros meses de 'euforia' e festa pela volta dela, os amigos cada um cuidando a sua vida, a família tem suas ocupações também, vizinhos querendo saber todos os dias porque o tal marido largou ela, vizinhos/familia/amigos levantando rumores que ela estava em um prostibulo, emprego que todos prometeram ajudar nunca apareceu uma vaga nem no antigo trabalho onde o patrão era 'meu brother'.
 
Há 2 meses atrás essa moça chegou para nós num estado crítico, com depressão em um nível 90% e agora diz que não soube esperar e dar valor no marido e na vida que ele proporcionava.
 
Mas para sorte dela o ex a ama de verdade e quando soube do caso dela, veio imediatamente para o RJ e está custeando todo o tratamento, independente se ela ou não voltar para ele.
 
Ele me disse em uma consulta que ele ama não a beleza fisica dela, mas o caracter que ele sabe que é bom. E agora ela diz que não vê a hora de terminar o tratamento para voltar para UK porque aqui não está essa coca cola toda".


  olá seguidores do blog… Nós estamos criando uma comunidade-forum de discussäo para simpatizantes da vida no exterior. Venha fazer parte contando alguma história ou nos dando suas dicas e conselhos: http://gringolandia.omeuforum.net




Twitter do blog